Grupo Conceitto - Sistemas

Telefone: (53) 3027-2551

Sistemas

1. Transparência Governamental e Informações ao Cidadão

Em atendimento à Lei nº 12.527/2011 que regulamenta o direito constitucional de acesso às informações públicas, o sistema disponibiliza a visualização dos dados, através da Internet, com base nos dados oficiais e online do órgão, para ser acessada por pessoas em geral com vistas à realização de consultas e emissão de relatórios diversos. Estas consultas estão disponíveis em diversas áreas dentre as quais destacamos: relatórios e consulta a dados acerca das receitas orçamentárias; relatórios e consultas a dados acerca das receitas extra orçamentárias; relatórios de receitas contendo a discriminação das receitas segundo as categorias econômicas e com totalização por cada uma destas; relatórios de receitas contendo a discriminação das receitas conforme as origens; relatórios de receitas contendo a discriminação das receitas por espécie; relatórios e consulta a dados acerca das despesas orçamentárias contabilizadas pelos cofres do órgão; relatórios e consulta a dados acerca das despesas que demonstre os valores empenhados, anulados, liquidados e pagos para todos os credores do órgão.

O Sistema permite ainda que processos de protocolo em trâmite interno no órgão sejam acessados via web pelos interessados a partir da correspondente numeração do processo e a busca retorna o histórico do processo com todos os trâmites e interações registradas para o mesmo além da indicação da fase atual deste mesmo processo.

Além disso, o sistema possibilita a visualização dos contratos e da legislação vigente, a validação de CRC’s (Certificado de Registro Cadastral, a emissão de contracheque para os funcionários do, a emissão de CND’s, certidões negativas de débitos a partir do site do órgão; emissões de segundas vias para pagamentos de débitos dos contribuintes com respectivas emissões de boletos bancários; aos fornecedores com usuário e senha de acesso, pesquisar os seus pagamentos e as respectivas notas fiscais e suas possíveis retenções.

Através do sistema é possível aos pais ou responsáveis por determinado aluno, visualizem boletins do aluno; presença ou falta deste aluno; das ocorrências deste aluno.

2. Sistema de Planejamento Governamental

O Sistema de Planejamento Governamental é completamente compatível com as exigências da Lei 4.320/64, apto para controle simultâneo de vários exercícios e emprega o método contábil de lançamentos por partidas dobradas de muitos a muitos.

O Sistema permite a parametrização da execução governamental através da definição e cadastramento do plano de contas anual, de funções do Governo, de subfunções, dos elementos de despesas, das categorias econômicas, dos grupos de natureza de despesas, das modalidades de aplicação, dos elementos de despesas e suas aplicações, do desdobramento e de contas de receita orçamentária. Além disso, o Sistema possibilita também a definição e registro da fonte de recursos orçamentários.

É possível armazenar e controlar as informações que serão utilizadas no decorrer do exercício em execução através de diversos cadastros como o cadastro anual de credores/fornecedores do órgão, de contribuintes, de contas correntes bancárias, de responsáveis e de entidades.

O Sistema permite cadastrar informações de contas de receita e despesa orçamentárias e possui um conjunto de métodos de movimentação contendo registros do plano plurianual de investimentos, cadastramento das diretrizes e planos de governo do plano plurianual de investimentos, das propostas plurianuais de investimento, das incorporações do plano plurianual de investimento, das estruturas administrativas e das metas fiscais da lei de diretrizes orçamentárias, a visualização dos programas de governo da lei de diretrizes orçamentárias, o cadastramento das incorporações da lei de diretrizes orçamentárias, digitação da lei orçamentária anual, registros dos limites de crédito da lei orçamentária anual e das despesas do rol de projetos e atividades da lei orçamentária anual, cadastros de contas de despesa orçamentária em execução e da previsão das receitas orçamentárias e mecanismos para reorganizar as contas e as receitas do orçamento de despesas.

Para acompanhamento de exercícios governamentais, o sistema permite o processamento de abertura de exercícios permitindo a reutilização de definições e dados de exercícios anteriores e consultas das situações dos exercícios governamentais controlados pelo sistema.

O Sistema possibilita a emissão de diversos relatórios de tabelas, cadastros, orçamento-programa e acompanhamento da movimentação de despesas, receitas, finanças e contabilizações, incluindo relatórios de todas as tabelas do sistema, de relatórios e das diretrizes de governo do plano plurianual, dos programas, objetivos e metas do plano plurianual, dos programas, objetivos e ações do plano plurianual, da estrutura administrativa da lei de diretrizes orçamentárias, de receitas por fonte da lei de diretrizes orçamentárias, das dívidas públicas, dos riscos fiscais, demonstrativos de renúncia de receita e expansão de despesas obrigatórias da lei de diretrizes orçamentárias, demonstrativos das metas anuais, relatórios do patrimônio líquido da lei de diretrizes orçamentárias e do programa de governo, emissão do controle orçamentário das despesas, demonstrativo da despesa orçada e de funções, subfunções e programas por projetos e conforme vínculo com os recursos, detalhamento de despesas, demonstrativo de despesas por órgão e funções de governo, natureza e comparativo da despesa, resumo geral da receita, legislação da receita, comparativo da receita orçada com a arrecadada, demonstrativo da receita por fontes e despesa por funções de governo, natureza da receita e despesa segundo as categorias econômicas e emissão do rol do projeto.

3. Sistema de Contabilidade Pública e Tesouraria

O Sistema de Contabilidade Pública é completamente compatível com as exigências da Lei 4.320/64, apto para controle simultâneo de vários exercícios e emprega o método contábil de lançamentos por partidas dobradas de muitos a muitos.

O Sistema permite a parametrização da execução orçamentária, financeira e patrimonial a partir da definição e cadastro anual de diversas tabelas que contemplam o plano de contas, comportando a especificação dos vários sistemas de contas requeridos na Contabilidade Pública vigente no país, as contas de receita orçamentária, conforme especificado no anexo I da Lei 4.320/64 e os Bancos e Agências Bancárias nos quais o órgão possui movimentação financeira. Além disso, o Sistema inclui a parametrização de definições e digitação do histórico padrão, registros de Fonte de Recursos Orçamentários e cadastramento de classes de despesa orçamentária.

É possível realizar cadastros de informações que são utilizadas no exercício da execução como o cadastro anual de credores/fornecedores do órgão, cadastro anual de Contribuintes, Contas Correntes Bancárias, Responsáveis e Entidades.

Através do conjunto de cadastros de informações de contas de receita e despesa orçamentárias, é possível realizar o cadastro e estorno de reserva de dotação, o processamento da incorporação do orçamento do órgão, cadastro de créditos orçamentários, contas de despesa orçamentária em execução e limites de crédito utilizados.

Para acompanhamento da movimentação de despesas, receitas, finanças e contabilizações, o Sistema dispõe de um módulo de execução que permite o cadastro anual de empenhos de despesa com controle de numeração; o processamento do controle de liquidações de empenhos de despesa, do controle de pagamento e anulações dos empenhos de despesa e controle de subempenhos de despesa bem como consultas gerais de empenhos.

É possível também o processamento de inscrições de empenhos em restos a pagar de exercícios anteriores, cadastro anual e processamento de ordens de pagamento extra-orçamentário, cadastro anual e processamento de Guias de receita orçamentária e extra-orçamentária, com as respectivas contrapartidas financeiras e controle de numeração e sequenciamento, se aplicável, anulação de Guias, controles de digitação e recebimentos de Guias extra-orçamentárias.

Além disso, o Sistema permite a realização de diversos cadastros como autorizações de pagamentos de lotes de documentos de despesa, depósitos e respectivas liberações para controle de conciliação bancaria das contas correntes, processamento do controle de liberação de depósitos bloqueados, cheques e baixas de controle de conciliação bancária das contas correntes, débitos e créditos em conta corrente, aplicações financeiras, resgates de aplicações financeiras e juros de aplicações financeiras.

O Sistema de Contabilidade Pública, através do seu módulo de execução, realiza o processamento de cálculo dos saldos das contas correntes bancárias, o controle de encerramento de contas correntes, processamento de controle geral de movimentação e saldo de caixa permitindo visualização de entradas e saídas de numerário em caixa e configurações, cancelamento de dívida flutuante, inscrição da dívida fundada, inscrição, cancelamento, atualização e restabelecimento da dívida fundada, vinculação de dotação a contratos e empenhos de contratos, movimentos independentes de execução orçamentária, cadastro de lançamentos contábeis e consulta por valores e fechamento mensal.

O Sistema proporciona o acompanhamento de exercícios contábeis e financeiros através de diversos processamentos que incluem a abertura de exercícios, consultas das situações dos exercícios contábeis controlados pelo sistema e encerramento de exercícios.

A emissão de diversos relatórios de todas as tabelas e cadastros do sistema bem como relatórios do orçamento-programa e acompanhamento da movimentação de despesas, receitas, finanças e contabilizações também estão disponíveis no Sistema. É possível a emissão de relatórios de demonstrativo da despesa orçada, classificação funcional programática por projetos e atividades e conforme vínculo com os recursos, detalhamento e demonstrativos da despesa, natureza da despesa, comparativos de despesa, resumo geral da receita, natureza da receita e despesa, relatório do rol de projetos, pagamentos, autorizações de pagamento/liquidação, subempenhos, diversos relatórios de empenhos, ordem e recibo de pagamento, Ops com descontos, atos de créditos e anulações de dotação, demonstrativos de fechamento, extrato de desconto anuais por fornecedores (sintético), Guias de receita, minuta diária de receita, comparativo de receita, balancete mensal, apuração decendial da receita, extrato bancário e bancário contabilizado, extrato de aplicação financeira, extrato de caixa, emissão e relação de cheques, emissão de movimentos diários, dos demonstrativos de fechamento de finanças, do diário, do razão, do balancete de verificação, do balanço orçamentário e financeiro, demonstração das variações patrimoniais, emissão do balanço e balancete patrimonial, de natureza da receita e despesa segundo as categorias econômicas, de resumo da execução orçamentária por bimestre e valores pagos, de demonstração da dívida flutuante, do quadro de devedores diversos, do quadro da dívida fundada, da apuração de receita e despesa, de projeção de fluxo financeiro, processar anexos dos 25% de educação, emissão de controle de empenhos processados, emissão de anexos diversos do FUNDEF, da saúde, do pessoal, da gestão fiscal, das despesas com pessoal, anexos de demonstrativo da receita corrente líquida, dos resumos orçamentários, de despesas por função e de resultados primário e nominal.

O Sistema também possibilita a visualização dos resultados das execuções de tarefas do sistema através de gráficos variados contendo as despesas por órgãos do governo, por funções de governo, por elemento, por categoria econômica, por grupos de despesa, gráficos de despesa por categoria e fonte, gráficos de evolução da despesa realizada e arrecadada, de arrecadação por categorias econômicas e fontes e de comparativo da receita e despesa.

O ambiente do Sistema também pode ser configurado a partir das definições de dados do órgão, do ordenador da despesa e auxiliares e permite a exportação de dados para o SIACE 1.0.0, PRODEMGE e SIACE bimestral.

4. Sistema de Controle de Compras

O Sistema de controle de compras pode ser adaptado para atender as exigências e particularidades de documentação de cada órgão e permite a formalização dos processos de compra realizados bem como a validação dos fornecedores utilizados.

O Sistema possui diversas transações que contemplam tabelas de parametrização para o controle de licitações, possibilitando o cadastro dos ramos de atividades dos fornecedores do órgão, cadastro do rol de documentos exigidos pelo órgão, cadastro de modalidades e finalidades de compras, classificações de categorias de serviços para enquadramento de cada compra, cadastro de serviços e compradores.

Para armazenamento das informações referentes às compras efetuadas pelo órgão, o Sistema disponibiliza um módulo de cadastros em que é possível efetuar o cadastro completo dos fornecedores do órgão, incluindo ramos de atividades de atuação, controle de documentação com datas de validade e ainda a emissão do certificado de regularidade jurídico/fiscal e o certificado de registro cadastral.

O Sistema permite controlar diversos processos de compra do órgão através dos registros das despesas administrativas, movimentação dos registros de solicitação de compras realizadas, contendo informações do solicitante e histórico da compra, descrição e enumeração qualitativa e quantitativa dos produtos e serviços a serem comprados e contratados, registros de anulação de solicitação contendo os dados do registro de solicitação da compra, validações de solicitações e consultas, monitoração de solicitações indicando prioridade de compra, autorização de solicitações, autorizações de representantes, métodos de digitação dos processos de compra contendo todas as informações para classificação de cada compra, julgamento de preço do processo e geração de pedidos, geração de pedidos para processos licitados, anulação, cancelamento e consultas de pedidos, registros de alterações contratuais de valores, confirmação de recebimento de materiais e serviços, contabilização e consultas de empenhos, resumo de movimentação de fornecedores e informações detalhadas dos processos.

O Sistema possibilita a emissão de relatórios completos contemplando tabelas, cadastros, movimentos, incluindo Despesas Administrativas, Solicitação de Compras, Processo de Compras, Pedidos, Emissão de Propostas, Extrato de Compras, Mapas de cotações de preços dos processos de compra, Apurações de Compras e Estatísticas dos Totais Comprados.

O módulo de acessórios permite cadastrar os locais de entrega da compra bem como títulos para pedidos de compra. Além disso, possibilita a entrada de dados que facilitam as consultas no Sistema incluindo relações de números em aberto listando processos, solicitações e pedidos.

O Sistema pode se tornar compatível com as exigências de documentação especifica do órgão através de configurações que permitem classificar as compras e determinar a obrigatoriedade quanto a emissão de solicitações de compras e/ou níveis de classificação orçamentária, nível de dotação, etc. Também é possível definir classificações de limites de licitação, incluindo a integração ou não com o Sistema de Licitação.

5. Sistema de Controle de Licitações

O Sistema de controle de licitações atende às exigências de documentação específicas, sendo configurável para adequar-se as particularidades do órgão e validar os seus fornecedores e formalizar a emissão de processos completos de licitação.

Para parametrizar o controle dos processos licitatórios, o Sistema permite o cadastramento dos ramos de atividade dos fornecedores do órgão, do rol de documentos exigidos pelo órgão e de requisitos para propostas orçamentárias.

O Sistema permite o armazenamento de dados e informações do controle de licitações do órgão através de um conjunto de cadastros contendo informações cadastrais gerais dos fornecedores, seu ramos de atividade de atuação, controle da documentação apresentada ao órgão e datas de validade.

Além disso, o Sistema possibilita registrar procedimentos referentes à tramitação dos processos licitatórios do órgão, disponibilizando o cadastro das diversas fases do processo licitatório como a fase de abertura, fase de habilitação, fase de classificação, fase de homologação e a fase de fechamento. Também é possível cadastrar associações a processos de compra, seleção de fornecedores e anulação de processos, já que este sistema possui integração com o sistema de compras.

Buscando disponibilizar aos usuários o controle dos processos licitatórios, o sistema permite a emissão de relatórios e dos processos de licitação através de modelos de formulários pré-definidos no sistema ou através de interface com o Microsoft Word for Windows. O Sistema permite a emissão de relatórios completos das tabelas do sistema, dos cadastros do sistema, da agenda de licitações, de carta convite, das condições gerais para participação em editais, de termos de homologação e do processo licitatório completo.

Através de mecanismos de configuração do ambiente do sistema, de acordo com a definição dos dados do órgão, o sistema possibilita a demarcação da portaria anual de nomeação da Comissão Permanente de Licitações do órgão e a gravação de relatórios com a finalidade de remitir qualquer relatório utilizando uma opção diferente da primeira vez quando foi utilizado.

6. Sistema de Controle de Almoxarifado

O Sistema de Controle de Almoxarifado realiza o controle de estoque do almoxarifado do órgão e pode ser configurado para tornar-se compatível e atender às exigências de composição estrutural de cada gestão bem como monitorar as entradas e saídas de mercadorias.

Considerando um conjunto de opções de módulos é possível customizar o sistema e realizar o controle necessário do almoxarifado. O Sistema permite parametrizar tabelas de controle e organização, cadastrar informações de controle de estoque, organizar as entradas e saídas de mercadorias bem como solicitações, autorizações, cancelamentos e consultas de requisições, emitir relatórios completos de todas as transações, controlar tarefas gerais do almoxarifado e configurar o ambiente do sistema.

7. Sistema de Controle Patrimonial

O Sistema de controle patrimonial controla as movimentações de bens inscritos no patrimônio público e é configurável para tornar-se completamente compatível com estrutura administrativa do órgão.

O Sistema permite a parametrização de cadastros do controle geral dos bens patrimoniais e é completamente integrado com o sistema de Contabilidade Pública. É possível cadastrar e parametrizar logradouros, bairros, locais e salas do órgão para o devido controle.

Além disso, o sistema está apto para efetuar cadastros de estruturação hierárquica do patrimônio do órgão e de seus bens inscritos, incluindo cadastros de contas/bens e suas informações gerais, cadastros de fornecedores e histórico de bens.

Para controlar a movimentação dos bens inscritos no patrimônio do órgão, o Sistema possui um conjunto de métodos de movimentação que possibilita o cadastramento de transferências de bens entre locais distintos da estrutura administrativa do órgão, o cadastramento de cessões de bens a outros órgãos, de manutenção e controle de seus respectivos retornos ao órgão, de baixas de bens inservíveis ou baixados do patrimônio do órgão por outros motivos e processo de reavaliações de patrimônio.

O Sistema permite a emissão de diversos relatórios completos contendo tabelas e cadastros do sistema e movimentações incluindo transferências de bens, baixas, manutenções, reavaliações de bens, cessões e termos de comodato, emissões de anexos diversos e relatórios de inventario patrimonial, organograma, termos de responsabilidade patrimonial, balanço patrimonial e relatórios da totalização dos subgrupos por unidade administrativa.

É possível configurar o sistema de acordo com as exigências do órgão, contemplando opções de busca de logradouros, bairros, inclusão dos valores mínimos de entrada, entre outras opções de adaptação.

8. Sistema de Controle de Frotas

O Sistema de Controle Geral de frotas oferece a gestão completa sobre as manutenções de veículos e máquina, bem como o seu abastecimento, documentação, controle de motorista e multas, estando apto para adaptação de acordo com as exigências do órgão.

Através de tabelas de parametrização, o Sistema proporciona o controle e organização das Frotas do órgão permitindo o cadastro de dados adicionais dos funcionários, combustíveis, Frotas, incluindo identificação do veículo, vínculos e demais informações, marcas dos veículos e tanques do órgão.

O Sistema possibilita a configuração do ambiente do sistema contemplando o status dos itens de CheckList, do Consumo Médio e Tanque, das categorias, das seleções dos grupos de materiais, de tarefas de manutenções das frotas e do Mestre de sistema.

Para controlar as saídas de veículos, manutenções, abastecimentos, documentações e prontuários, o sistema utiliza um módulo de movimentação em que é possível realizar o cadastramento dos abastecimentos externos, abastecimentos das frotas, entradas de abastecimentos nos tanques, autorização de requisições de abastecimentos, saídas de veículos e máquinas, acompanhamento de conservação de frotas, do estado dos pneus da frota, do controle de movimento da frota, contendo local de origem e destino, entre outras informações, manutenções e prontuários.

O Sistema permite a emissão de relatórios completos das tabelas do sistema, dos abastecimentos por veículos, de distorção do consumo, médias de consumo por abastecimento, reimpressão de requisições, relatórios das manutenções, conferência da quilometragem, distorção do consumo por movimento, da relação da movimentação dos quilômetros rodados, da relação de consumo por movimentos e dos dados do seguro.

9. Sistema de Controle de Obras Públicas

O Sistema permite o cadastro ilimitado de tipos de serviços com a possibilidade de associar valores em horas para cada um dos mesmos; a definição, cadastramento e impressão dos tipos de obras que serão controladas; o cadastro para origens de recursos que serão destinados para a realização de uma obra; o cadastro de regimes de execução para associá-los às obras a serem realizadas; cadastramento e impressão de pessoas que não estejam vinculadas ao quadro de pessoal da Prefeitura; a definição, cadastramento e impressão de equipes de funcionários que serão utilizados para execução de obras; o cadastramento de serviços de terceiros que serão utilizados na execução das obras públicas; o cadastro de uma obra com disponibilidade de diversas informações.

É possível associar o processo licitatório que deu origem à contratação quando a mesma for realizada por terceiros; acompanhar os prazos de execução de uma obra conforme o período do contrato vinculado à mesma e a definição, cadastramento e impressão de ordem(ns) de serviço para uma determinada obra.

10. Sistema de Controle de Protocolos e Tramitação de Processos

O Sistema de controle de protocolos e tramitação de processos administrativos possibilita o acompanhamento dos processos administrativos protocoláveis e pode ser configurado para atender completamente as exigências estruturais especificas do órgão.

O Sistema permite o cadastramento dos documentos do município, de etapas realizadas pelo órgão administrativo e dos usuários do protocolo, o cadastramento de assuntos com os tipos de passos existentes nos processos administrativos do órgão, entre outros atributos necessários à identificação e acompanhamento de documentos.

Além disso, é possível realizar o cadastro de processos administrativos protocolados no órgão, contendo diversas informações especificas detalhadas para gestão dos controles de protocolo.

O Sistema permite a protocolização automática de todas as correspondências e documentos administrativos, permite ao usuário acesso aos detalhes do trâmite da matéria protocolada, o direcionamento dos trâmites de todos os documentos, o controle de prazo dos trâmites, o vínculo de um documento (texto e dados) ao trâmite de outro, vincula os usuários do sistema a unidades de tramitação, permite o envio de diversos documentos a um destinatário e o envio de um documento pela tramitação para mais de um destino (cópia), permite a pesquisa e impressão por tipo de documento, entre outras consultas.

O sistema faz a gestão de prazos de documentos em trâmite e possibilita a visualização de todo o histórico de trâmite de processo, contendo seus documentos relacionados.

Para acompanhamento dos processos protocolados, o sistema dispõe de métodos de controle de protocolos e tramitação de processos administrativos e realiza a manutenção dos processos. A partir de métodos de consulta e visualização da situação dos processos administrativos e método de transação para confirmação de recebimento na tramitação interna, o sistema permite o controle dos protocolos e tramitação dos processos administrativos.

O Sistema permite a emissão de diversos relatórios contendo tabelas e cadastros completos do sistema, relatórios de acompanhamento das tramitações e processos, extratos dos processos, entre outros diversos relatórios dos processos administrativos por contribuinte e protocolados no órgão. Além disso, o Sistema possibilita a emissão de etiquetas dos protocolos e capas dos processos, o arquivamento de quaisquer documentos, e opção para adicionar documentos em lote já cadastrados no sistema, incluindo opção de anexos em diversos formatos.

11. Sistema de Folha de Pagamento e Gestão de Pessoal

O Sistema de Folha de Pagamento é capaz de controlar simultaneamente quantos exercícios se queira e é configurável para tornar-se compatível com as exigências do estatuto municipal ou com as exigências da CLT.

O Sistema permite a parametrização de cálculos e cadastros da folha de pagamento através da definição e cadastramento dos cargos e salários estabelecidos no plano de carreira do órgão, dos tipos de afastamento previstos no estatuto, dos parâmetros de referência mensal do imposto de renda e de salário família, dos parâmetros de referência mensal de cobrança do I.N.S.S e do I.P.S.E.M.G., das verbas de proventos e descontos a serem utilizadas nas folhas de pagamento dos servidores, das verbas definidas como padrão e fixas para os diversos tipos de vínculos dos servidores, da estrutura administrativa do órgão, do organograma do órgão segundo estrutura administrativa previamente cadastrada, de exportação manual de funcionários, de bancos e agências bancárias nos quais os servidores deverão receber seus respectivos vencimentos e dos tipos de olha de pagamento a serem calculadas e administradas pelo sistema.

O Sistema possibilita a realização de cadastros de definição e caracterização dos servidores e agentes políticos com todos os dados pessoais, cadastro de servidores aos benefícios de pensão alimentícia e vitalícia, cadastro de anuênios, biênios, triênios e quinquênios dos servidores, de diferenças salariais, controle automático de ajuste de contagem de tempo de serviço, horas extras incorporadas aos vencimentos e configuração individual de verbas permanentes.

O Sistema possibilita o controle dos movimentos dos servidores através de um módulo de digitação, que contempla o impacto de suas movimentações nas situações trabalhistas e nos cálculos de folha de pagamento, incluindo a digitação de movimento de faltas, férias, horas extras normais, noturnas e especiais, horas a serem pagas com adicional noturno, dias adicionais, parcelamento de verbas, entrada de movimentação com horas extras e relação de dias não trabalhados e progressão por tempo de serviço, limite de convênios e percentuais, nomeação de função, promoções e progressões, coletagem eletrônica de ponto, outros cargos, vale transporte, substituição de função, admissões, contratos, afastamentos, aposentadorias, inativos, pensionistas, apostilamento, exonerações e readmissões.

Através de um conjunto de métodos que permitem o cadastramento, digitação e cálculo de valores da folha de pagamento dos servidores, o Sistema possibilita o cadastro e parametrização das folhas de pagamento, digitação de valores e acertos extraordinários a serem pagos, método de importação de arquivo em movimento, cálculo de folhas de pagamento, método de cancelamento geral de dados digitados em folha e encerramento de folha e método de estorno de folha.

O Sistema de Folha de Pagamento permite a emissão de relatórios de tabelas, cadastros, movimentos e folhas de pagamento, incluindo a emissão de relatórios de todas as tabelas e cadastros do sistema, relatórios de valores e parâmetros digitados para movimentação de cadastros e folha de pagamento, contracheques e contracheques beneficiários, cheques de pagamento de folhas de pagamento, folhas de pagamento, relatório por dotação orçamentária, resumo por função, folhas beneficiários, resumo por dotação, relatórios para conferência, demonstrativo financeiro, sobre as previdências e os tributos, entre outros diversos relatórios da folha de pagamento.

O Sistema permite a configuração de exportações e gerenciamento de arquivos contemplando mecanismos do ambiente do sistema, a partir da definição dos dados do órgão, do ordenador da despesa e auxiliares. Além disso, é possível a consulta da definição de órgão público pelo manager, geração do CAGED, DIRF, RAIS, SEFIP, de arquivos de banco, de arquivo para cadastramento de conta bancaria, de arquivo FPSF900 do Banco do Brasil, de arquivo para cadastramento do PASEP e um gerenciador de arquivos exportados.

12. Sistema Integrado de Tributação Municipal

O Sistema de Arrecadação Tributária possibilita o controle simultâneo de vários exercícios e é configurável para se tornar compatível com as exigências do Código Tributário Municipal.

O Sistema possui diversas opções de módulos, aptos para parametrização de cálculos e cadastros de controle de tributação municipal, incluindo mobiliário, imobiliário, unidades fiscais, cotações de unidades fiscais, tipos de logradouros, bairros, tributos municipais, tipos de alvarás, unidade de recebimentos/arrecadações, tipos de cancelamento de dívida ativa e I.P.T.U, alíquotas de recálculo de valores inscritos em dívida ativa, cadastros de alíquotas de cobrança de I.T.B.I.

Além disso, o sistema permite a realização de cadastros completos com diversas funcionalidades, utilizados para o controle de tributos municipais, como o cadastro completo dos Contribuintes, de imóveis urbanos, o cadastro mobiliário, cadastro de contadores, obras e execuções de obras.

O Sistema administra os cálculos e cobranças dos tributos municipais, através de um conjunto de métodos que incluem o controle de liberação dos blocos de notas fiscais para prestação de serviços, o processo de digitação de baixa das notas fiscais liberadas com o respectivo cálculo dos impostos devidos e recebimento dos valores arrecadados, com geração de Guias de receita para os débitos decorrentes das referidas baixas, o processo de geração automática de Guias de I.S.S. para contribuintes anuais inscritos e recalculo de parcela em atraso, processo para digitação e recebimento de Guias de receita de I.P.T.U., incluindo reparcelamento de saldos devedores, configuração e processo de execução para o cálculo da contribuição de melhoria, cadastro de Guias e processo de digitação e recebimento de I.T.B.I., conforme valores calculados na transferência de imóveis entre proprietários, cadastro e processo de digitação de Guias de outros tributos previamente cadastrados, processo de configuração e de cálculo para emissão de Guias de Dívida Ativa previamente inscrita, cadastro de inscrição de títulos, processo de digitação e concessão de descontos em Guias de receita em Dívida Ativa, reparcelamento de saldos devedor de Guias de Dívidas Ativas, configuração do parcelamento do cálculo da Dívida Ativa, geração de livros de dívida ativa, consultas de, baixa automática do arquivo de remessa e gerenciados de arquivos gerados FEBRABAN, baixa de guia por Leitora de Código de Barra, contabilização automática de Receitas e exportações de cadastros de convênios do Banco do Brasil, incluindo a Dívida Ativa e Guias de Recebimento.

Para administrar a abertura e o encerramento de exercícios fiscais, o sistema dispõe de processos que possibilitam a inscrição automática de títulos não quitados em Dívida Ativa Tributária e exclusão de exercícios.

É possível também a emissão de diversos relatórios de tabelas, cadastros e movimentação de tributos municipais, contemplando a emissão de Guias, balancetes, liberação de notas, autorizações de impressão de documentos fiscais, extratos de Guias e notas fiscais, emissão de Guias e balancetes de I.P.T.U, imóveis por faixa de valores de imposto e de imóveis isentos de I.P.T.U, relatórios analíticos, relatórios e extratos de Guias de contribuição de melhoria, emissão de Guias, balancetes, extratos e certidão de quitação de I.T.B.I, Guias de receita, balancetes e extratos gerais de outros tributos, Guias e extratos de Dívida Ativa, emissão de títulos cancelados, emissão de alvarás e notificações, certidões de execução fiscal, aviso de cobrança, certidão de débitos de contribuintes, imóvel, mobiliário e valor venal de área edificada, emissão de baixa da FEBRABAN, emissão de balancete de recebimento geral e relação de contribuintes em débito.

O Sistema Grp disponibiliza aos usuários gráficos de I.P.T.U contemplando a receita prevista, faixa de valores de metro quadrado de terreno e imóveis por faixa de valores.

O ambiente do Sistema pode ser configurado com base nas definições dos dados do órgão e contempla configurações para Guias em atraso e mecanismo de exportação de tabelas para I.S.S.

13. Sistema de Cadastro de Leis Municipais

O Sistema de cadastro de leis municipais possibilita monitorar as alterações e revogações das leis do município e pode atender as matérias previstas e abordadas nas leis municipais, sendo configurável de acordo com as necessidades do órgão.

O Sistema possibilita a parametrização do cadastro das leis municipais e de diversos temas tratados as diversas leis do município, o cadastramento de autores e a seleção dos tipos de modelos de documentos utilizados pelo órgão.

As informações das leis do município podem ser armazenadas no módulo de cadastro, que permite o cadastro completo das leis municipais, com detalhes que incluem a identificação, temas, artigos, autores, redações completas, opções de anexos de figuras, associação à entidades, logradouro, entre outras informações relevantes de cada lei do município. O Sistema permite o cadastro de Leis Ordinárias, Leis Complementares, Decretos Legislativos, Decretos Municipais, Resoluções e Emendas a Lei Orgânica além da classificação de acordo com o assunto, situação atual, publicação da lei e possibilidade de visualização do processo por completo.

O sistema de leis permite links sobre o número da propositura para visualização do processo completo, exibindo seu cadastro, textos, trâmites, votações e outros documentos que façam parte do processo.

O Sistema também disponibiliza métodos de localização de leis, cadastramento de alterações sofridas pelas leis cadastradas e seus dispositivos legais, cadastros de revogações de leis municipais e cadastro de revigorações de leis municipais.

O Sistema de Controle de Leis emite diversos relatórios completos das tabelas do sistema e das leis cadastradas bem como relatórios personalizados a partir de classificações segundo autores, datas, situações e temas de que tratam além de outros relatórios gerais sobre leis municipais.

O ambiente do Sistema pode ser configurado de acordo com a definição dos dados do órgão e contempla mecanismos onde é possível determinar sua integração ou não com o sistema de tributação e também configurações de alteração de data de leis.

14. Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos

O Sistema de Controle de Documentos permite a estruturação e uma base centralizada e única de documentos oficiais, e pode adaptar-se para compatibilidade junto ao órgão de acordo com sua estrutura.

O Sistema possui as seguintes tabelas de informações básicas para gestão documental: tabela de assuntos de que tratam os documentos a serem administrados pelo sistema, tabela de cadastramento de Autores, tabela de cadastramento de destinatários e tabela de cadastramento dos tipos de documentos utilizados pelo órgão.

Além disso, o Sistema permite o cadastro dos documentos emitidos pelo órgão para tramitação interna e/ou externa, bem como referências de seus destinatários, datas de emissão, assuntos e efeitos e mecanismo para a localização dos Documentos.

É possível a emissão de diversos relatórios do cadastro de documentos do órgão permitindo sua localização por seus remetentes, destinatários, assuntos e datas de emissão. O Sistema permite a emissão de relatórios completos de tabelas e cadastros do sistema e relatórios dos documentos emitidos pelo órgão, permitindo sua classificação e seleção por seus remetentes, destinatários, assuntos e datas de emissão.

O Sistema possui mecanismos de configuração do ambiente do sistema possibilitando a definição do Grupo de Usuários , de Usuário por Grupos e para a Unificação dos autores e destinatários.

15. Sistema de Mala Direta

O Sistema de Mala Direta permite cadastramentos independentes, de pessoas físicas e jurídicas, segundo as necessidades de cada usuário, secretaria ou área interessada, de modo que cada qual, tenha acesso, apenas, aos cadastros de sua área de atuação; a unificação de bairros e logradouros existentes no banco de dados; o cadastramento de pessoas, físicas e jurídicas, contendo diversas informações; a adição de novos campos, definidos pelo usuário, que possam ser incluídos, na lista de dados acerca das pessoas físicas e jurídicas; a criação de tipos de atendimentos para pessoas físicas e jurídicas; a criação de grupos para classificação de pessoas físicas; a criação de ramos de atividade para classificação das pessoas jurídicas; de profissões para classificação das pessoas físicas e de pesquisas de opinião, para serem aplicadas às pessoas cadastradas, com a inclusão de perguntas relacionadas a estas pesquisas.

Além disso, o sistema permite a digitação das respostas às perguntas de uma determinada pesquisa; a extração de informações com o resultado de pesquisas em forma de gráficos; de informações estatísticas de uma pesquisa, usando todas as perguntas a ela relacionadas ou, apenas, uma das perguntas; e possibilita a emissão de diversos relatórios contendo os tipos de atendimentos cadastrados, grupos cadastrados; ramos de atividades cadastradas; profissões cadastradas e relatórios para emissão de informações incluídas no cadastro das pessoas físicas e jurídicas.

16. Sistema de Saúde Pública

O Sistema de controle de saúde pública é configurável para tornar-se completamente compatível com a estrutura de atendimento da rede municipal de saúde e permite o cadastro e visualização de diversas informações básicas para gestão da saúde pública.

O Sistema permite o cadastro de atividades profissionais, a visualização das especialidades cadastradas, a visualização dos Códigos Internacionais de Doenças (C.I.D) para controle das doenças ocorridas nos postos municipais de atendimento de saúde, tabela de procedimentos dos postos municipais de atendimento de saúde, cadastramento de doenças controladas, cadastro de Unidades de Atendimento e cadastro dos tipos de leitos.

Além disso, o Sistema possibilita gerenciar cadastros para controle de saúde pública, incluindo o cadastro completo dos profissionais lotados no sistema municipal de saúde com dados integrados ao sistema de folha de pagamento, contemplando diversas informações especificas, o cadastro completo de pacientes do sistema municipal de saúde e o cadastro para correção de nomes incoerentes.

O Sistema contém um módulo de movimento que inclui métodos de controle de movimentação de pacientes e profissionais associados ao sistema municipal de saúde, incluindo métodos de registro de entrada emergente de pacientes nos postos municipais e atendimento de saúde, registro de saída da emergência, com resumo clínico do paciente, agendamento de consultas, encaminhamentos para atendimentos ambulatoriais, registro de confirmaçãoo de consulta e de lançamento de consulta ambulatorial, lançamento do boletim de produção diária, o cadastro e acompanhamento de internações realizadas pelo sistema de saúde municipal, o cadastro do resumo clínico da saída do paciente internado, a visualização de confirmação de internação, visualização das vagas de leitos disponíveis, cadastro para a lista de espera de uma vaga nos leitos, visualização da relação de vagas por pacientes, registro de pedidos de exames emitidas pelos profissionais de saúde aos pacientes cadastrados no sistema municipal de saúde, entrega dos exames emitidas pelos profissionais de saúde aos pacientes, registro de controle de vacinação, cadastro farmácia, cadastro para controle da distribuição dos remédios controlados, cadastro para o controle da distribuição dos remédios controlados, método para gerar o arquivo de exportação do Cadastro nacional da saúde, método de recuperação do arquivo recebido pelo SUS.

O Sistema permite a emissão de diversos relatórios de controle de acompanhamento de pacientes, profissionais associados ao sistema municipal de saúde e atendimentos por eles realizados, como relatórios completos das tabelas e cadastros do sistema e dos pacientes, relatórios de atendimento dos profissionais de saúde nos postos de atendimento da rede municipal e de relatórios estatísticos envolvendo estes atendimentos, relatórios de incidências de doenças diagnosticadas na rede municipal de saúde, relatórios clínicos dos pacientes cadastrados, entre outros relatórios de controle do sistema municipal de saúde.

É possível configurar o ambiente do sistema a partir da definição dos dados administrativos das unidades que utilizam o sistema municipal de saúde.

17. Sistema de Controle Escolar

O Sistema de controle escolar foi desenvolvido para simplificar à administração das escolas do município, oferecendo o total controle de notas e frequência do aluno, visualização dos dados dos professores integrado ao sistema de folha de pagamento da prefeitura.

O Sistema permite a parametrização e cadastramento de séries escolares e disciplinas oferecidas pela escola, cadastro de turmas oferecidas pela escola e respectivas séries e turmas.

O Sistema possibilita cadastrar diversas informações possibilitando o controle escolar a partir de cadastros completos de alunos e métodos de visualização do cadastro de funcionários do sistema de folha de pagamento.

Além disso, o sistema permite o controle movimentação acadêmica dos alunos a partir do conjunto de métodos que inclui o controle de matriculas de alunos em turmas com suas respetivas disciplinas, o controle de designações de professores por turmas e disciplinas, controle de registro de chamadas mensais das disciplinas, por aluno e por data nos dias letivos do ano, o cadastro das avaliações ministradas para cada uma das disciplinas a cada uma das turmas ao longo do ano letivo, método de digitação dos resultados obtidos pelos alunos em cada uma das avaliações ministradas para cada uma das disciplinas a cada uma das turmas ao longo do ano letivo, cadastro das suspensões aplicadas aos alunos durante o ano letivo com suas respectivas justificativas e históricos, cadastro das transferências concedidas aos alunos durante o ano letivo com suas respectivas justificativas e históricos.

Para controle e parametrização do ano letivo escolar e para suportar o processamento do sistema de controle, o Sistema Grp proporciona método de cadastramento dos horários de aulas das turmas e configuração dos dias letivos do ano, com diversas possibilidades de marcação de feriados e finais de semana.

É possível a emissão de diversos relatórios completos contemplando tabelas e cadastros do sistema bem como relatório de controle de matrículas dos alunos, relatórios de controle de designações de professores, diários de classe, horários de aula por turmas e alunos, relatórios de avaliações ministradas às turmas e aos alunos no decurso do ano letivo, relatórios de desempenho dos alunos nas avaliações ministradas, boletins escolares, relatórios de suspensões aplicadas aos alunos ao longo do ano letivo, emissão de transferências concedidas aos alunos, emissão de histórico escolar, calendário escolar, diversos relatórios de controle acadêmico e relatórios estatísticos de controle escolar e acadêmico.

O Sistema é configurável para atender as exigências de acordo com a definição dos dados administrativos da escola.

18. Sistema de Controle de Contratos e Convênios

O Sistema de Contratos permite cadastrar os órgãos do município que estarão habilitados a firmar contratos como entidades contratantes; a definição de modelos de contratos e convênios, com vinculação a algum editor de texto de modo que estes modelos criados possam estar disponíveis para uso permanente; a vinculação de contratos às naturezas de prazos contidos na Lei 8666/93, especialmente em relação à duração de prazos, nos termos do Artigo 57, da referida lei; a criação de contratos e convênios, no mínimo, vinculando os mesmos aos modelos já criados e às entidades contratantes; permite que na criação de um contrato ou convênio seja possível associar a parte contratada ao cadastro de fornecedores existente na base de dados do município;

Além disso, o Sistema permite que na criação de um contrato ou convênio seja possível vincular nos casos em que houver relacionamento diversas informações como autorizações de fornecimento (pedidos de compra); processos de compra instaurados; dotações orçamentárias; processo licitatório correspondente; parte contratante e contratada, entre outras informações relevantes.

O Sistema permite a criação de aditivos contratuais vinculados aos contratos e convênios originais; a verificação de associação entre requisições de material, solicitações de compra, processos de compra, autorizações de fornecimento, empenhos, contratos e aditivos; a visualização em tela de consulta de contratos celebrados com fornecedores.

É possível emitir diversos relatórios no Sistema que incluem contratos firmados com opção de escolha de um ou mais fornecedores contratados ou entidades contratantes; contratos firmados contemplando número do contrato; ano do contrato; data início e data fim do contrato; objeto do contrato; partes contratantes; valores realizados: (valor do contrato, valor empenhado, valor liquidado, valor pago, valor restante); prazos realizados: (prazo total, prazo corrido, prazo remanescente) e permite a emissão de relatórios que sejam os contratos e/ou aditivos de contratos a serem celebrados pelo Legislativo Municipal com a funcionalidade de que estes relatórios sejam gravados dentro do banco de dados a ser utilizado pela Prefeitura.

19. Sistema de Controle de Biblioteca

O Sistema de controle de bibliotecas permite diversos cadastramentos que incluem unidades de bibliotecas, cadastramento de autores, de assuntos, cadastramento de editoras, de gêneros literários, de idiomas, de chaves de busca, de obras com vinculação das mesmas, de usuários com vinculação dos mesmos aos dados existentes no Sistema de Arrecadação no que se refere aos bairros, logradouros e imóveis existentes no Cadastro Imobiliário Municipal, de tipos de exemplares, de tipos de classificações e de tipos de usuários.

Além disso, o Sistema permite a vinculação de obras a edições de publicação em que constem editoras pré-cadastradas e respectivas datas de publicação das mesmas, o cadastro de exemplares de obras sendo integrados. Permite o empréstimo de obras aos usuários cadastrados com controle, a reserva de obras para datas futuras para determinado usuário conforme o interesse, a geração de guias de arrecadação de tributos decorrentes de atraso em devolução de obras com integração aos tributos existentes no Sistema de Arrecadação, a emissão das referidas guias de arrecadação de tributos a partir do Sistema de Bibliotecas e a emissão de diversos relatórios, entre eles: relatório dos autores cadastrados, relatório dos gêneros literários cadastrados, relatório das editoras cadastradas, relatório dos idiomas cadastrados, relatório das chaves de consulta cadastradas, relatório das obras cadastradas, relatório das edições de obras cadastradas, relatório dos exemplares de obras cadastrados e permite a geração de arquivos de transferência nos padrões determinados pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, em conformidade com as Instruções Normativas e demais Regulamentos por ele fixados.

20. Sistema de Controle de Cemitérios

O Sistema de Controle de Cemitério possibilita a gestão das atividades realizadas nos cemitérios do órgão e proporciona visibilidade e controle de ocupações de sepulturas, concessões, sepultamentos, cadastro dos cemitérios, pessoas falecidas e responsáveis pelas concessões.

Um conjunto de módulos customizáveis permite a parametrização e cadastramento de causas mortis, médicos responsáveis pela emissão do atestado de óbito, cadastros de caraterísticas físicas das pessoas falecidas, tipos de construções das sepulturas e cadastros de concessões.

Outros tipos de cadastros também constituem este sistema visando o armazenamento de informações fundamentais para a gestão dos cemitérios. O Sistema Grp permite o cadastro completo de responsáveis pelas concessões do uso de uma área especifica, autorizações de movimentação das sepulturas, cadastros de dados pessoais do falecido, cadastro das sepulturas que compõem o cemitério, cadastro geral de todos os cemitérios do município.

Para controlar os processos do cemitério, o Sistema dispões de registros contendo a entrada de dados necessários para a organização do sepultamento, características completas das concessões e movimento de filtragem das principais informações cadastradas no sistema, contemplando filtros diversos.

O Sistema de Cemitérios permite configurações específicas de acordo com as definições que melhor se enquadram ao ambiente da Prefeitura e contempla possibilidade de modificação de formatos da codificação da localização das sepulturas que serão utilizadas no cadastro das mesmas.

A emissão de diversos tipos de relatórios, que contemplam todas as tabelas do sistema, cadastros e movimentações, incluindo estatísticas de causas mortis, quantidade de pessoas sepultadas, mapeamento das áreas definidas no cemitério, concessões, localização de sepulturas e relatórios dos médicos responsáveis pelas emissões dos atestados de óbito, está disponível para utilização pelos usuários.

21. Sistema de Atendimento ao Público

O Sistema permite o cadastramento de unidades de atendimento á população, de tipos de atendimento com definição de procedimentos a serem adotados pelos atendentes, o cadastramento de tipos de fila a serem atendidas, de guichês de atendimento, de pessoas a serem atendidas.

Além disso, o sistema permite a geração de senhas para atendimento dos cidadãos, permite que os chamados para atendimento de senhas sejam realizados a partir de monitores, projetores de multimídia ou de televisores disponibilizados nos locais de atendimento e conectados ao Sistema de Atendimento ao Público e que ao realizar um atendimento um atendente possa concluí-lo indicando os procedimentos realizados e observações havidas.

O Sistema também disponibiliza recursos de monitoramento dos atendimentos a serem realizados para possibilitar ações administrativas quando as filas estiverem grandes e os atendentes precisarem de auxílio; a definição de prioridades de atendimento para as filas cadastradas e de mensagens a serem apresentadas em monitores, televisões e projetores de multimídia.

É possível a emissão de diversos relatórios, incluindo relatórios das unidades de atendimento cadastradas; dos guichês cadastrados, das unidades de atendimento cadastradas e a geração de arquivos de transferência nos padrões determinados pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, em conformidade com as Instruções Normativas e demais Regulamentos por ele fixados.

22. Sistema de Nota Fiscal Eletrônica

O sistema permite a escrituração eletrônica de pessoas físicas ou jurídicas de modo que as mesmas possam incluir e emitir guias correspondentes aos serviços prestados e também os livros fiscais correspondentes. Tais inclusões e emissões poderão ser realizadas por empresas enquadradas em quaisquer das atividades contidas no C.T.M. - Código Tributário Municipal, tais como: Empresas da construção civil, cartórios, condomínios, motéis, hotéis, estacionamentos, teatros, bancos, empresas concessionárias de serviços públicos, escritórios contábeis, cooperativas de profissionais, profissionais liberais e demais empresas e/ou pessoas sujeitas ao ISSQN, conforme legislação municipal.

Através do sistema os usuários podem emitir as NFs online, gerando automaticamente na base de dados da Prefeitura o registro das mesmas com a consequente emissão das Guias de Arrecadação do ISS ao final do período de escrituração. As notas fiscais podem ser validadas.

O sistema atende as especificações técnicas da ABRASF para a gestão do ISS. A utilização do sistema regulariza a escrituração fiscal, aumentando significativo na arrecadação do ISS, sem que haja a majoração de alíquotas. O aumento da receita se dá pelo simples controle dos prestadores de serviço e o seu registro online das NFs resultados dos serviços prestados.

23. Sistema de Ouvidoria Pública

O Sistema permite o cadastro de assuntos, tendo a possibilidade de definir local padrão para onde este assunto será enviado, bem como um usuário padrão. Tanto o local como o usuário são buscados do organograma do órgão e do cadastro de funcionários respectivamente.

O Sistema permite ainda o cadastro de instruções para cada assunto afim de auxiliar o usuário no momento da abertura do processo de ouvidoria de forma que seja possível a formatação do texto com várias opções disponíveis.

A abertura de processos de ouvidoria permite a inclusão das seguintes informações: Nome e demais dados do interessado, data da criação, tipo de abertura, parecer, origem da abertura, local de cadastro, descrição do chamado.

É possível a pesquisa do interessado constante na base da Prefeitura pelas seguintes opções: Nome, data de nascimento, sexo, raça, cor, estado civil, escolaridade, nome do pai, nome da mãe, país, estado, cidade, CPF ou CNPJ, tipos de documento, número do documento, data de emissão do documento, tipo de endereço, endereço, bairro, dados comerciais.

Na abertura de um processo de ouvidoria é possível a associação a outros processos de ouvidoria já cadastrados, bem como a possibilidade de associar quaisquer processos internos gerados previamente de forma sistêmica tais como, processos de compras, solicitações de compra, empenhos, contratos, liquidações, protocolos, circulares internas e etc.

O interessado pode através da WEB acompanhar todas as movimentações de um processo de ouvidoria, contendo as seguintes informações mínimas: Origem, data e hora de envio, finalidade, despacho do trâmite, data e hora de recebimento, destino.

24. Sistema de Assistência Social

O Sistema permite o cadastro das unidades de Assistência Social, com as informações do tipo de unidade, data de criação, endereço, documentos, contatos, nome da unidade, dados comerciais, o cadastro de programas sociais e o cadastro da família de acordo com o S.U.A.S. – Sistema Único de Assistência Social do Governo Federal, com as seguintes informações: Data de cadastro, classificação social da família, membro da família, parentesco, endereço da família. É possível que ao cadastrar um membro da família a busca na base da Prefeitura afim de que não haja duplicação de cadastro de pessoas.

O Sistema possibilita também o cadastro dos técnicos da Assistência Social com as com: Nome, data de nascimento, sexo, estado civil, CPF, escolaridade, endereço, nome do pai, nome da mãe, documentos, naturalidade, nacionalidade, contatos, CBO, e o encaminhamento de indivíduos e/ou famílias entre as unidades, com as seguintes informações: Unidade de destino, unidade de origem, data de encaminhamento, profissional, motivo do encaminhamento, códigos de encaminhamentos definidos pela cartilha do S.U.A.S.

O Sistema permite o acompanhamento das famílias de acordo com a cartilha do S.U.A.S.: Profissional responsável pelo atendimento, data de início do atendimento, data de fim do atendimento, condições habitacionais da família, condições educacionais da família, condições de trabalho e rendimentos da família, condições de saúde da família, acesso a benefícios eventuais, convivência familiar e comunitária, participação em serviços, programas ou projetos que contribuam para o desenvolvimento da convivência comunitária e para o fortalecimento de vínculos, situação de violência e violações de direitos, histórico de cumprimento de medidas socioeducativas, histórico de acolhimento institucional, registro de ingresso e de desligamento da família ou individuo no acompanhamento do PAIF ou PAEFI, planejamento e evolução do acompanhamento familiar e campo de históricos dos atendimentos. O histórico dos acompanhamentos das famílias fica registrado no sistema.

25. Sistema de Execução Judicial

O Sistema permite o cadastro de Tipos de Prognósticos (Ex. Riscos - Alto, Baixo, Médio) com numeração sequencial e campo para descrição por parte do usuário com a finalidade de classificação de processos judiciais cadastrados.

É possível a inclusão do cadastro de Objetos (Ex. Mobiliário, Imobiliário, Contribuinte) com numeração sequencial e campo para descrição por parte do usuário com a finalidade de classificação de processos judiciais a serem cadastrados. É possível a inclusão das Situações (Ex: Encerrado, Aguardando Decisão do STJ, Aguardando Decisão de Embargos) com numeração sequencial e campo para descrição por parte do usuário com a finalidade de classificação de processos judiciais a serem cadastrados.

O Sistema permite o cadastro de Tipos de Atualização de Valores relacionados a um Processo Judicial com numeração sequencial, (Ex.: Juros, Multas) e campo para descrição por parte do usuário com a finalidade de classificação de processos judiciais a serem cadastrados e a inclusão dos Eventos (Ex. Ajuizamento de Ação, Acareação, Alvará de Soltura) com numeração sequencial e campo para descrição por parte do usuário com a finalidade de classificação de processos judiciais a serem cadastrados, e, também, da definição de prazos para a ocorrência destes eventos.

Além disso, o Sistema possibilita o cadastro de Garantias a serem prestadas num Processo Judicial (Ex. Carta Fiança, Caução, Hipoteca) e dos Tipos de Decisões (Ex. Procedente, Improcedente), e o cadastro de Fases de um Processo Judicial (Ex. Advertência, Apelação, Agravo de Petição) com numeração sequencial e campo para descrição por parte do usuário com a finalidade de classificação de processos judiciais cadastrados, bem como o cadastro de Jurisdições de um Processo Judicial

26. Sistema de Aprovação de Projetos

O Sistema permite o cadastro de fiscais do município, de engenheiros do município, de pessoas responsáveis pela aprovação de projetos, de campos diversos, segundo interesse dos gestores do módulo, para associação destes aos imóveis existentes no município, de fases diversas (Análise, Vistoria, Aprovação, etc ...) que possam ser associadas a um determinado imóvel que esteja em Processo de Alteração cadastral, de situações de um projeto (Não iniciado, Em andamento, Concluído, Paralisado, etc ...) que possam ser associadas a um determinado imóvel que esteja em Processo de Alteração cadastral, de projetos diversos associados aos imóveis de modo a determinar fases em que se encontram, fiscais responsáveis, situação do projeto em cada fase, inclusão de imagens comprobatórias, observações variadas.

O Sistema permite também o trâmite das fases de um Projeto de Aprovação de modo que cada área da Prefeitura e/ou pessoa envolvida no mesmo possa interagir naquela fase que for de sua responsabilidade e permite que a cada fase de um Projeto de alteração de imóvel a interação de fiscais, engenheiros e outros responsáveis com a finalidade de inclusão de pareceres, observações, conclusões e situações em que se encontram cada uma das fases.

27. Sistema de Gestão, Análise Estatística e Decisão Estratégica

O Sistema permite análises a partir de gráficos disponibilizados no sistema e que possam ser exibidos em monitores ou televisores ou outras mídias de vídeo. Os gráficos para análises gerenciais podem ser visualizados pela internet através de conexão mínima pelos seguintes navegadores: Internet Explorer, Firefox Mozilla, Google Chrome e Safari.

Além disso, o Sistema permite a seleção de um ou mais gráficos nas mídias de vídeo que sejam utilizadas pelos gestores, podendo ser exibidos com as seguintes opções: multi-séries com colunas 2D; com colunas 3D; com linhas 2D; com barras 3D.

O Sistema permite ainda que o próprio usuário defina as cores das linhas e colunas conforme seu interesse e que os gráficos sejam obtidos diretamente, online, à partir da base de dados, configure o tempo de atualização dos gráficos em relação aos novos lançamentos inseridos na base de dados, gere seus gráficos de análise gerencial e escolha livremente os anos-exercícios contábeis que utilizará nas comparações desejadas.

28. Sistema de Controle Interno

O Sistema de Controle Interno tem como objetivo o controle dos processos de auditoria abertos pelo Controle Interno o seu acompanhamento, e permite atribuições de acesso a usuários através de senhas, permitindo a caracterização dos usuários.

É possível o cadastro das Instruções Normativas do Controle Interno, propiciando o cadastramento do check-list que servirá de base para as auditorias, baseado em grupos e itens, com a configuração da check-list, informando as respostas que são vinculadas a uma irregularidade, órgão, departamento ou setor a ser auditado em cada auditoria.

O sistema permite ainda o agendamento de uma auditoria para determinados períodos, deixando armazenadas todas as auditorias internas para futuras consultas e alterações, sua impressão e a notificação de auditoria aos responsáveis.

É possível ao Controle Interno registrar aquelas irregularidades que o sistema não tem condições de apontar automaticamente. Exemplo: “Publicar os Balancetes da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) bimestralmente.”

29. Sistema de Medicina e Segurança do Trabalho

O Sistema de Medicina e Segurança do Trabalho tem como objetivo permitir todo o controle das ações desta área, controlando todos os atendimentos realizados pelo setor, permitindo a criação do laudo LTCAT, criação do programa PPRA, gerenciamento da ficha de EPI’s, gerenciamento de treinamentos, controle de tarefas de segurança do trabalho, controle de extintores, controle de acesso de usuários com possibilidade níveis de acesso diferenciados e relatórios de gerenciamento.

Através do sistema é possível a gestão do PPP, com impressão do PPP dos empregados de forma individual e coletiva; a criação do programa PCMSO, com geração de relatórios anuais, controle de atestados e exames complementares, guarda do histórico médico do empregado, agenda para marcação dos atendimentos dos empregados; a gestão do PCMAT visando controle nas construções e obras civis; a gestão da CIPA registrando eleições, pessoas e mandatos da CIPA; o cadastramento dos grupos e sub-grupos dos equipamentos de segurança; o cadastramento de Certificado de Aprovação dos equipamentos de segurança.

O sistema disponibiliza a emissão de relatórios diversos tais como: dos equipamentos de segurança cadastrados; do cadastro dos profissionais da área de saúde que atendem os funcionários registrados; das profissões; do cadastro dos tipos de insalubridades; do cadastro dos locais físicos e os graus de risco e insalubridade de cada local, inclusive com a indicação da exposição a fatos de risco; do cadastro do CAT – Comunicação de Acidente do Trabalho buscando da base de dados de funcionários, através da matrícula do Sistema de Recursos Humanos, informando a data e hora do acidente, e as consequências do mesmo no aspecto físico do funcionário.

Manutenção

Manutenção: O Sistema GRP realiza manutenções e atualizações no sistema, visando solucionar e atender os procedimentos e características de cada administração pública bem como aprimorar seu setor de desenvolvimento de informática através da modernização na aplicação das mais avançadas tecnologias para o segmento de software voltado para a gestão pública.

Capacitação

Treinamento: certificação em sala de aula, com carga horária adequada para cada módulo de sistema.

Suporte Técnico

Assistência: Suporte presencial, contemplando o assessoramento de técnicos especializados de acordo com a necessidade do órgão.
Suporte a distância, através de HelpDesk com atendimento via telefone ou internet.